Haikais


Haikai para um o rio que havia aqui em minha infância: “Por sob a ponte, hoje passa um rio de vento. Mas eu ainda nado nele.”

Haikai para uma bailarina: “Se dançasse numa tela, calçaria pincéis no lugar de sapatilhas.”

Haikai para minha mãe: “Tem a simplicidade de alguém que tenta, a delicadeza de alguém que quebra e a elegância de quem ama.”

Haikai para o poeta: “Por ser desnecessário, se faz gratuito. O que deixa tudo muito mais bonito.”

Haikai que farei para minha mãe daqui há 40 anos: “Em uma torrada com pasta de avelã, eu já grisalho, ainda a sinto.”

Haikai para uma pedra: “Te tenho inveja por não teres problemas. Te tenho pena por morreres a mesma pedra.”

Haikai para bolinhos de chuva: “Hoje refletem mais a minha infância do que eu mesmo.”

Haikai para uma bochecha beijada: “Por dentro, era como um cachorro correndo atrás dos patos.”

Haikai para um menino que colheu uma flor: “Para as outras flores, ele era como um colono do século XV que rouba filhos e levava para os mares.”

Haikai para na madrugada: “Afogado no silêncio, ele e o teto. Imaginava os outros se divertindo enquanto não estava.”

Haikai para um travesseiro: “Calado, ouve meu devaneio, enxuga minha lágrima e conforta um corpo que sonha.”

Haikai de um músico: “Que minhas notas possam ser um abrigo aos que não dão certo.”

Haikai para quem vai embora: “Durante o abraço sentiu-a chorando. Foi a maior homenagem q podia levar na bagagem.”

Haikai para Chico Science: “O rei do mangue morreu de tanto viver.”

Haikai para a margarida achada em meio as cerejeiras: “Na festa dos sakuras, a simplicidade roubou a cena.”



Use seu Facebook ou ID Google, poste aqui o que você pensa. É importante...



5 comentários:

  1. Muito lindo, você é um poeta!

    ResponderExcluir
  2. Muito bom... Haikai é uma arte que gosto muito, porem nunca fui capaz de escrever... parabens poeta!!

    ResponderExcluir
  3. Muito obrigado Rafaela!

    Carlos tente escrever um!

    ResponderExcluir